Tempo

Qualquer dia

            vou limpar minha mesa,

            arrumar meus livros,

            pôr em ordem minha cabeça…

Qualquer dia

            vou reunir minha equipe

            vamos estabelecer metas,

            organizar o trabalho,

            disciplinar o tempo…

Qualquer dia

            vou delegar,

            não serei centralizador,

            direi para meu grupo

            “Hoje todos são livres,

            podem errar,

            porque só quem erra, acerta…”

Qualquer dia

            verei a empresa como gente,

            punhado de gente

            que se esforça,

            que se cansa,

            que desamina e se anima,

            que cai e se levanta,

            que crê

            e acredita

            que eu sou como eles…

Qualquer dia

            eu vou parar

            para que a empresa

            cresça…

Qualquer dia…

Francisco Gomes de Matos
do livro: Visão e Parábolas – Editora Campus

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.