Obstáculo ou oportunidade?

Certo dia, um rei ordenou que se colocasse uma pedra enorme no meio de uma das estradas de seu reino. Então, o rei se escondeu próximo ao local para ficar observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho.

Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei, dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou mover a pedra dali.

De repente, passa um camponês com uma carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele põe de lado a sua carga e tenta remover a rocha dali. Após muito esforço e suor, ele finalmente consegue mover a pedra para fora da estrada.

Então, o camponês volta a pegar sua carga de vegetais, quando nota que havia uma bolsa no local onde, pouco antes, estava a pedra.

A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei, que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho.

– Meus amigos – disse o rei – com frequência encontramos obstáculos e fardos no caminho. Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles se assim preferirmos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles significam. A decepção é normalmente o preço da preguiça.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.