O pato vaidoso

0

O patinho tinha-se tornado um tolo vaidoso, que se julgava superior aos outros. Comportava-se como se fosse um marquês e não dava confiança a ninguém. Além disso, andava sempre muito bem vestido e impecavelmente limpo.

– Venha brincar conosco no lago, patinho! disse-lhe o gansinho, muito animado.

– Bah! O lago! Quem você pensa que eu sou? Eu sou um pato com classe, não se esqueça! respondeu o pedante patinho.

Os seus amigos, fartos de tanta vaidade, decidiram dar-lhe uma boa lição. O patinho fanfarrão ia ver o que era bom! Aproveitando o fato de irem todos juntos até a margem de um riacho que passava perto da aldeia, um deles desatou a correr em direção aos outros, gritando:

– Socorro! Fogo, fogo no bosqueeeee!

Sem pensar duas vezes, o patinho atirou-se à agua de cabeça. Quase quebrou o bico, na queda. Ele, que estava vestido a rigor… imagine como ficou! Coberto de lodo e todo salpicado, parecia um farrapo sujo.

Os seus amigos riram-se de seu aspecto. Quanto sofreu o orgulho do patinho! Este aprendeu bem a lição e a partir desse momento, voltou a ser o patinho simpático e simples que todos tinham conhecido e amado.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.