O Macaco e o Golfinho

0

Quando as pessoas fazem uma viagem, muitas vezes levam seus cachorrinhos ou macaquinhos de estimação para ajudar a passar o tempo. Assim, um homem que voltava do Oriente para Atenas andava pelo navio levando um macaquinho de estimação. Quando estava próximo do litoral da Ática o navio foi atingido por uma grande tempestade e acabou virando. Todas as pessoas que estavam a bordo foram parar na água e começaram a nadar para tentar salvar a vida. O macaco também. Um golfinho viu o macaco e imaginou que fosse um homem; pôs o macaco nas costas e começou a nadar para a praia. Quando os dois iam chegando ao Pireu, que é o porto de Atenas, o golfinho perguntou ao macaco se ele era ateniense. O macaco respondeu que sim, e disse ainda que sua família era muito importante.

-Bom, nesse caso você conhece o Pireu – continuou o golfinho.

O macaco achou que o golfinho estava se referindo a alguma autoridade e respondeu:

-Claro, claro, somos muito amigos.

Ouvindo aquilo, o golfinho viu que estava sendo enganado. Aborrecido, mergulhou para o fundo do mar e em pouco tempo o pobre macaco se afogou.

Moral: certas pessoas, ignorantes da verdade, acham que podem fazer os outros engolir qualquer mentira.

Do livro: Fábulas de Esopo – Companhia das Letrinhas

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.