O Ladrão e o Cão de Guarda

Um ladrão veio à noite para assaltar uma casa. Ele trouxe consigo vários pedaços de carne, para que pudesse acalmar o cão de guarda, de modo que este não chamasse a atenção do seu dono com latidos.

Assim que o ladrão jogou-lhe os pedaços de carne, o cachorro disse:

– Se você estava pensando em parar minha boca, cometeu um grande erro. Esta repentina gentileza vinda de suas mãos, apenas me deixaram mais atento. Por trás desses inesperados favores a mim, você deve ter algum interesse oculto em seu próprio beneficio e para prejudicar meu dono.

Gentilezas inesperadas é a principal característica de uma pessoa com más intenções.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.