O golfinho no novo aquário

Era uma vez… um golfinho habituado a exibir-se nos aquários mais famosos. Se diverte muito durante os espetáculos: agradam-lhe os aplausos dos espectadores e os peixes que o instrutor lhe dá quando realiza um triplo salto ou quando dá voltas no ar, com a leveza de uma bailarina fazendo pontas.

Um dia esse golfinho é transferido para outro aquário: ele continua a fazer suas exibições como está acostumado, mas nesse novo aquário não recebe nem aplausos dos espectadores, nem peixes do treinador. Ao contrário, percebe que o  público se irrita, incomodado, e que o treinador o desaprova. Mas não entende por quê.

Sua primeira reação é de ressentimento sobre o aquário precedente, no qual tudo ia bem; julga incompetentes e sem gosto os espectadores, e pouco generoso o treinador. Continua a realizar seus números, esperando conseguir, cedo ou tarde, mudar a reação do público e do treinador.

Um dia, após um espetacular salto triplo, olha à sua volta para recolher olhares de admiração percebendo, ao contrário, que tinha molhado o público. Agora, o golfinho compreende: não tinha percebido que esse aquário era menor que o precedente, e que com seus números molha os espectadores. Agora, o golfinho sabe o que fazer para obter aplausos e peixes. Basta exibir-se sem molhar os espectadores.

Consuelo C. Casula
Metáforas para a Evolução Pessoal e Profissional
Qualitymark

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.