O egoísta

0

Encontramos, às vezes, pessoas egoístas, que nos amargam a vida e são odiadas por todos. A história que segue refere-se a este tipo de pessoas.

Era uma vez um hipopótamo que, para ir trabalhar, tomava o ônibus de manhã bem cedinho. Em vez de esperar sua vez, como os outros, começava a dar empurrões e cotoveladas. Queria ser o primeiro, e sempre conseguia. Causava brigas com frequência e desgostava seus vizinhos e colegas. A verdade é que, quando o ônibus chegava ao ponto, o hipopótamo sempre se encontrava na frente da fila.

Não contente com isso, o odioso animal entrava no ônibus distribuindo cotoveladas e empurrões. Queria sentar-se num bom lugar e, para consegui-lo, não escolhia os meios.

Já sentado, abria descuidadamente o jornal e cobria com suas grandes folhas o rosto de seu companheiro. Depois, tossia com a boca bem aberta, sem se preocupar com os danos que seus bacilos poderiam causar aos outros passageiros do veículo. Remexia-se constantemente, preocupado exclusivamente com sua comodidade e com isso irritava toda a gente.

Saía do ônibus como havia entrado, com a mesma brutalidade. Quando, finalmente, punha os pés na rua, todos respiravam aliviados.

É lamentável encontrarmos pessoas sem educação. Amiguinho, não sejamos como esse hipopótamo. Vivemos todos em sociedade e devemos preocupar-nos em não incomodar os outros, para podermos esperar o mesmo respeito para conosco.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.