O astrônomo

Um astrônomo gostava de fazer passeios noturnos para olhar as estrelas. Certa vez ia tão distraído que caiu num poço. Enquanto tentava sair, seus gritos de socorro atraíram a atenção de um homem que passava. Ao ser informado do que havia acontecido, o homem riu e disse:

– Meu bom amigo, tanto o senhor se esforçou para olhar o céu que não lembrou de olhar o que tem debaixo dos pés!

Moral: É fácil deixar de ver o óbvio.

Do livro: Fábulas de Esopo – Companhia das Letrinhas

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.