Enfrente a tempestade sem perder a capacidade de sorrir

A garota fazia a pé o percurso até a escola, tanto na ida como na volta. Certo dia, de volta para casa, desabou uma forte tempestade. Como era o horário que a filha deveria estar saindo da escola a mãe dirigiu-se para o local, pois imaginava que a filha estaria apavorada com tantos raios e trovões.
Quando encontrou a menina andando no meio da tempestade, a mãe reparou, surpresa, que, a cada relâmpago a criança olhava para cima e sorria.
Finalmente, quando a filha entrou no carro, a mãe, curiosa, comentou:

– Você parecia não estar com medo da chuva, pois reparei que estava sorrindo a cada relâmpago.

– Claro, mãe – respondeu a garota – O céu não para de tirar fotos minhas!!
E quero que Deus me veja sempre sorrindo.

Autor desconhecido
Enviada por: Edeli Arnaldi

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.