Dislexia infantil

Entendemos como dislexia, as dificuldades para a aprendizagem da leitura e da escrita, mesmo quando a criança estiver sujeita a um ensino convencional, tenha um nível intelectual adequado e suas oportunidades sócio-culturais sejam as corretas.

No Brasil, aproximadamente quinze milhões de pessoas têm algum tipo de necessidades especiais que podem ser diversas: mental, auditiva, visual, física, de conduta ou deficiências múltiplas. A grande parte apresenta algum tipo de dificuldade de aprendizagem relacionado à linguagem: dislexia, disgrafia e disortografia, sendo a primeira de maior incidência. Crianças aparentemente inteligentes, na visão de professores, apresentam leitura, escrita e ortografia irregular para a idade. 

Criança com dislexia

 A criança disléxica apresentam grandes dificuldades na leitura e na escrita, que podem  ser truduzidas em uma:

criança dislexia

– Leitura lenta, trabalhosa e carregada de erros.
 
– Ortografia deficiente.

– Junções ou separações incorretas de palavras.

Apresenta também dificuldades na automatização de apredizagem e memorização (aprende algo e em pouco tempo se esquece). Além disso, custa-lhe realizar com êxito as atividades onde é necessário aplicar várias habilidades (exemplo, redações nas que tem que prestar atenção na ortografia, sinais de pontuação, organização de idéias, etc.).

A dislexia não se manifesta da mesma maneira nem com a mesma intensidade em cada criança. Portanto, a recuperação estará determinada pelas características de cada pessoa e pelo meio familiar e escolar a que pertence. O que está claro é que a base de uma boa recuperação é a detecção precoce, antes de que a criança viva a experiência do fracasso.

A criança com dislexia é capaz de aprender a ler, mas o fará de maneira diferente, com um método diferente e um tratamento especial, dando-lhe estratégias e técnicas para enfrentar suas dificuldades na leitura e na escrita, ensinando-a diferentes habilidades que a ajudará a compreender e memorizar os textos lidos. É importante que os pais que tenham um filho com dislexia, que se coloquem nas mãos de um profissional para que os possam orientar da melhor maneira de ajudar seu filho.

………………………………………….

Fonte: Guia Infantil

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.