Direções opostas

Dois amigos se encontraram em uma rua. Eles estavam caminhando em direções opostas.

Cada qual perguntou ao outro onde estava indo.

O primeiro disse:

– Para uma reunião religiosa.

O outro disse:

– Para ver uma mulher.

O primeiro amigo disse para o outro:

– Porque você está indo ver esta mulher? Venha comigo para a reunião religiosa. Teremos uma pregação, depois cantaremos, dançaremos, escutaremos histórias e muito mais.

O outro respondeu:

– Você deveria vir comigo. Eu posso te ajudar apresentando a irmã da minha mulher. Realmente, ela é muito excitante.

Ambos os amigos apresentaram suas próprias argumentações, mas ambos decidiram seguir os seus caminhos originais.

Quando o primeiro amigo ia para a reunião religiosa, ele estava preocupado pensando sobre os bons momentos que seu amigo deveria estar tendo com sua mulher e, ele se arrependeu da sua decisão de ir para a reunião religiosa.

E, ao mesmo tempo em que o segundo amigo estava com sua mulher, ele estava preocupado pensando como seu amigo estava tendo alegria na reunião religiosa e fazendo uma boa ação e, ele se arrependeu de não ter ido com ele.

Assim, existe um ditado que diz:

“Não desista do seu mundo por outro, nem desista de outro mundo pelo seu.”

Conto Popular Sufi

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.