A pantera brincalhona

0

A pequena pantera passava os dias brincando, como era natural em sua idade. No entanto, quando sua mãe lhe pedia ajuda para as tarefas caseiras, ela inventava desculpas, e continuava brincando.

Assim foi passando o tempo. A panterinha cresceu e converteu-se em uma criatura inútil. Não sabia fazer nada. Não cozinhava, não passava, não lavava e nem varria. Um belo dia, apareceu um garboso galã de sua espécie pelas imediações de sua casa. A pantera apaixonou-se perdidamente por ele.

– Diga-me, que faz você? Qual é a sua ocupação? perguntou ele, muito sério.

– Pois… na verdade, eu… gaguejou ela.

– Vejo que você não sabe nem conversar! Estou procurando uma companheira inteligente e que me ajude, também, a administrar nosso lar, quando nos casarmos, disse ele, virando-lhe as costas.

A pantera perdeu o seu galã e teve que se conformar, ao vê-lo passar de braços com a pantera mais estudiosa e trabalhadora daquele bosque.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.