A coelhinha vendedora de castanhas

A coelhinha era a melhor vendedora de castanhas da região. Ela mesma tomava conta do bosque de castanheiros e recolhia as castanhas com muito cuidado. Como era alegre e bondosa, muitos passarinhos ajudavam-na nessa tarefa, trazendo-lhe, em seu bico, as castanhas que caíam em local mais afastado.

Uma vez colocadas todas as castanhas num saco, a coelhinha transportava-as de carro até a praça principal da aldeia, onde havia instalado sua quitanda. Ali assava as suas castanhas com grande dedicação. Por isso, tinham fama de ser as melhores da região. A clientela da coelhinha aumentava sem parar.

Um dia, um forte vendaval açoitou o bosque de castanheiros e arrastou para muito longe quase todas as castanhas que estavam nas árvores. A coelhinha julgou-se perdida. Que iria fazer agora? Sem castanhas para vender, perderia toda sua clientela e o fruto de tantos anos de trabalho.

Seus amigos passarinhos, porém, vieram ajudá-la. Trouxeram uma a uma todas as castanhas espalhadas. Foi um trabalho duríssimo, pois algumas vezes tiveram que voar muitos quilômetros.

Assim, embora a coelhinha tivesse vendido menos castanhas do que era costume, pode conservar sua clientela e evitar um dano maior. Não há amigos que sejam pequenos, não acha?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.