A abelha gulosa

A abelha era muito gulosa, de tal forma que passava o dia inteiro a beber o néctar das flores. Sua obrigação, como membro ativo da colmeia, era levar para a comunidade de abelhas o néctar necessário para o sustento diário de todas. Mas ela esquecia-se de tudo, tal era a obsessão de comer.

– Abelhinha, não é correto o que você faz, disse-lhe uma de suas companheiras. Além de não cumprir a sua obrigação na colmeia, está prejudicando a si própria. Não vê, por acaso, como está ficando gorda?

Nossa abelha fazia-se de surda aos conselhos desse tipo e continuava no seu come-come. Engordou tanto, que aconteceu uma tragédia. A abelhinha regressou à colmeia, ao anoitecer. Tentou passar pela porta, mas não conseguiu. Estava gordíssima! Suas companheiras tentaram ajudá-la, mas foi tudo inútil e a abelhinha glutona teve que ficar lá fora, sujeita às intempéries.

Na manhã seguinte, suas companheiras encontraram-na congelada. Não tinha conseguido resistir ao intenso frio da noite.

Quem não ouve os bons conselhos, muitas vezes pode prejudicar-se.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.